As clínicas populares chegaram para mudar o sistema de saúde

Partido NOVOGestão, Partido NOVO, Saúde1 Comment

Um modelo de negócio que vem ganhando espaço no país e pode ser uma alternativa para o fim da precarização da saúde pública são as clínicas populares. Além da super lotação, a demora no atendimento e agendamento de exames e consultas trouxeram uma nova forma de cuidar da saúde que é compatível com o bolso da população mais carente.

As clínicas populares não tem a proposta de oferecer tratamento de primeira linha ou competir com os grandes hospitais e centro de referências. Elas cresceram com o aumento do poder de compra das classes C e D e do agravamento da crise econômica e altos valores do convênios médicos.

Claro que é uma briga de cachorro grande esse ramo de negócio, pois é uma competição direta com os grandes planos de saúde, mas tem outras competências para se preocupar, como atrair bons médicos, atrais clientes e conseguir fechamento de caixa positivo.

Uma saída ideal para um justo preço seria o fim do SUS. Polêmico, não? Com o provável fim do SUS (ou parcerias com instituições privadas), o imposto tende a diminuir, portanto você não teria que pagar duas vezes pelo mesmo serviço ao contratar um convênio médico ou consultas particulares em clínicas populares.

Share this Post

One Comment on “As clínicas populares chegaram para mudar o sistema de saúde”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *